Inspeção de pintura! Saiba como fazer

Atualizado: 6 de Nov de 2020

Já parou para pensar nas dores de cabeço que você pode ter se fizer um polimento sem realizar a inspeção adequada? 🤷‍♂️


Pintura queimada e corrosão, que é a remoção excessiva do verniz, são apenas alguns desses problemas.


📋 Avaliar a pintura antes do detalhamento te ajuda a compreender o real estado da pintura, nesse post iremos te mostrar algumas dicas de como realizar esse processo.



Existem muitos tipos diferentes de contaminações na pintura, que podem ser corrigidos durante uma sessão de detalhamento, descontaminação e polimento.


Confira na imagem abaixo👇 As manchas pretas na parte superior representam as contaminações, as fissuras em forma de V na camada do verniz representam os riscos. 🔴 Essas condições criam uma superfície irregular.


A maioria das imperfeições da imagem acima ☝️ são corrigíveis:


- Contaminações como seiva de arvores, chuva ácida, fuligem podem ser removidos com o uso da clay bar.


- Os arranhões superficiais na camada do verniz podem ser removidos por meio de polimento.


Depois de um detalhamento completo, a pintura vai estar como a imagem abaixo👇



Os contaminantes mais comuns que podem ser encontrados são: seiva, alcatrão (composto encontrado na fumaça), pó de freios e fezes de pássaros. Embora os contaminantes nem sempre sejam fáceis de ver, são fáceis de sentir.


Para detectar essas contaminações separamos um blog com mais dicas! clique aqui

Para remover esses tipos de imperfeições, basta descontaminar a superfície com uma clay bar clique aqui para ver o passo a passo.

Arranhões

Os arranhões estão presentes nas maiorias dos carros. Claro que existem vários graus e tipos de arranhões diferentes, os mais sutis como teias de aranha, (hologramas) e trilhas de politrizes, e aqueles que podem impactar severamente a aparência do seu carro. Confira a imagem abaixo

Para detectar esses tipos de arranhões, você precisará observar a superfície da tinta sob uma lanterna de inspeção, para saber mais sobre essa lanterna clique aqui.


Para remover esses tipos de imperfeições, a superfície deve ser polida, pois nem todos os riscos são removidos com o polimento. Esse processo desgasta o verniz, até que o nível mais alto esteja nivelado com o nível mais baixo. Alguns arranhões penetram profundamente na camada da tinta, tornando inviável a remoção com o polimento.


Outros contaminantes da pintura são as manchas d'água, um problema muito comum. Essas manchas ocorrem, por exemplo, quando não secamos o carro adequadamente, ou pelo acúmulo da chuva ácida.


Inspecionando a pintura


Existem muitos tipos de contaminações e, também, formas de como removê-las, agora precisamos falar sobre espessura da camada de tinta.


Inspecionar a camada de tinta da peça a ser polida é essencial para prevenir danos maiores. O polimento excessivo pode remover todo o verniz e como o verniz é a principal proteção da pintura, com o tempo, isso trará grandes problemas. Veja essa imagem 👇


Fazer várias leituras da espessura da tinta usando um medidor de camadas, permite que você determine a espessura combinada do primer, tinta e verniz e, você poderá determinar a quantidade de verniz disponível para fazer a correção.

Mais fique atento deve-se notar que a pintura tem um certo grau de elasticidade, permitindo que ela inche ou encolha de acordo com a temperatura ambiente. Portanto é importante fazer varias medições, com os painéis frios e quando estão quentes.

Você pode notar que a espessura varia entre 2 mícrons, ou mais (mícrons são unidades de medida usadas pela indústria de tintas para medir a espessura) .


Para realizar o mapeamento da inspeção de pintura, você pode ter em mãos um mapa, que varia de acordo com a categoria do seu carro (sedan, hatch, suv). Preparamos um modelo desse material, é só baixar clicando aqui.


Inspecionar a pintura do carro antes de fazer a compra evita problemas futuros com seu veiculo, o medidor de espessura de tinta é uma ferramenta poderosa para encontrar evidências de acidentes, reparos na pintura e outros. Por melhor que seja a pintura, carrocerias mal preparadas ou danificadas reduzirão a vida útil do seu veículo. Um veículo que foi repintado, independentemente da causa, pode ter um valor de revenda reduzido.

Gostou desse conteúdo compartilhe em suas redes sociais e nos marque!










97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Que tal falar com um especialista?

Obrigado pelo envio!